Cinco dicas para perder o medo de ressonância magnética

Claustrofobia e crises de ansiedade são os principais medos dos pacientes.
laboratorio exame Ressonância

A ressonância magnética é um dos exames mais avançados de diagnóstico por imagens e pode ajudar a identificar os mais diversos tipos de enfermidade. Porém muitas pessoas ainda têm medo de realiza-la e se preocupam com possíveis crises de ansiedade em lugares fechados ou claustrofobia. O Dr. Leonardo Kayat Bittencourt, nosso médico radiologista, dá algumas dicas para que você possa realizar o exame sem medo.

1. Entenda o exame e tire as dúvidas.

Converse com seu médico sobre como será o procedimento e pergunte tudo o que precisar saber com antecedência, para evitar a ansiedade.

2. Saiba que você estará acompanhado.

Durante todo o exame o paciente é acompanhado por um médico, enfermeiros e técnicos de radiologia. Em alguns casos um acompanhante também pode permanecer na sala com o paciente.

3. Você estará em um ambiente tranquilo.

Relaxar é o melhor remédio. “Entre outras medidas para gerar maior conforto, nós possibilitamos que, para os exames de ressonância magnética, os pacientes coloquem uma venda nos olhos, e escute uma música relaxante de fundo”, afirma o Dr. Leonardo.

4. Fique confortável.

Escolha uma posição na qual você vai se sentir mais à vontade durante todo o tempo de exame. Algumas posições ajudam quem tem claustrofobia, como as que permitem que o paciente veja a abertura do aparelho.

5. Evite o pânico.

Outra forma de reduzir a claustrofobia é colocar primeiro os pés do paciente em vez da cabeça no aparelho de ressonância. Isso é possível no exame de algumas regiões do corpo, como os tornozelos, joelhos, quadris, pelve e abdome, entre outros. Poder ver o lado de fora faz toda a diferença nesses casos.